Vai alugar um carro? Então veja tudo que você precisa para fazer uma boa locação


Em tempos de outrora, quando escutavamos o termo “aluguel de carro”, eramos levados a imaginar que se tratava de coisa do outro mundo. Hoje o serviço de aluguel se popularizou de tal maneira que já não nos surpreendemos ao passar na rua e vermos o escritório de uma locadora de carros.

Pois bem. Alugar um carro hoje em dia é tão comum quanto antigamente alugar uma fita de video com um filme para assistir em casa nos fins de semana. Seja para uso no cotidiano ou para viajar com a familia, seja em sua própria cidade ou durante uma viagem. Não importa. O fato é que alugar um carro pode tornar seu passeio mais prático e prazeroso, e ao contrário do que parece, alugar um veículo é extremamente fácil, porém alguns cuidados devem ser observados para facilitar ainda mais sua locação e evitar que você caia em armadilhas.

Em primeiro lugar, o serviço de Rent a car não pode ser contratado por qualquer pessoa. Algumas locadoras estabelecem regras que o usuário deve seguir para locar um veículo.

Um dos primeiros critérios a serem observados é que existe uma idade mínima para alugar o carro: 25 anos. Algumas locadoras até fazem locação para motoristas com faixa etária entre 21 e 24 anos, porém cobram uma taxa extra deles. Quem tem idade entre 18 e 20 anos não consegue fazer a locação, pois para as empresas, essa é uma faixa etária considerada “de risco”.

Outro critério a ser observado é que algumas locadoras exigem que o locatário tenha um tempo mínimo de habilitação. Esse tempo pode variar de uma locadora para outra, mas no geral é entre 1 e 3 anos. Essa regra deve ser checada atentamente antes de fazer a locação.

E por último, mas não menos importante, é a questão da documentação necessária. Para alugar o carro o locatário deve apresentar a CNH original e passaporte válido com autorização de entrada no país (para locações no exterior). Verifique com antecedência se o país aceita a carteira de habilitação brasileira. Caso contrário, você deverá solicitar uma carteira de habilitação internacional junto ao Detran do seu estado.

Outra exigência é que o locatário apresente um cartão de crédito com limite suficiente para bloqueio do valor referente à garantia de locação. Essa taxa não tem nada a ver com o valor da locação em sí. É uma espécie de caução para cobrir quaisquer problemas com o veículo alugado como roubo, furto e danos causados por acidente e outros. Esse valor será bloqueado no cartão de crédito do locatário no momento da assinatura do contrato e o desbloqueio é realizado quando o veículo é devolvido nas mesmas condições em que foi retirado. Caso o carro seja devolvido com alguma avaria, o valor do caução ou parte dele poderá ser retido pela locadora.

Esse cartão de crédito deve obrigatóriamente estar em nome do locatário e a apresentação é obrigatória, mesmo que o pagamento do aluguel seja feito em dinheiro ou outro meio de pagamento. A existência de restrições no nome do locatário junto aos orgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa poderá impedir a locação do carro. Esta consulta pode ser realizada pela locadora no dia da retirada do veículo.

Confira algumas dicas para alugar um carro de forma fácil, rápida e segura:

1º) Faça uma cotação do aluguel pela internet antes de fazer a locação presencial, afim de evitar divergência de preços. Caso feche a locação direto pela internet, imprima o voucher de confirmação e o apresente na locadora no dia e local da retirada do veículo para garantir o cumprimento das condições ofertadas.

2º) É extremamente recomendável a contratação de uma proteção extra, pelo menos para danos ao veículo alugado como roubo, furto, colisões e outros danos, e também de uma proteção contra danos pessoais e materiais causados a terceiros. Caso você não contrate pelo menos essas duas proteções e você se envolver em uma dessas ocorrências, você assume inteiramente o prejuízo, que poderá ser extremamente alto.

Obs: Os portadores de cartões de crédito que possuam bandeira VISA Platinum, podem rejeitar a contratação de seguros e proteções oferecidos pela locadora, já que essa modalidade de cartão garante cobertura total em caso de sinistro ocorrido com veículos alugados. Entretanto, para fazer jus ao beneficio, o locatário deverá pagar todas as despesas referentes à locação com o próprio cartão. Entre em contato com a administradora do seu cartão e busque todas as informações antes de fazer a locação do carro.

3º) No momento da retirada do carro, solicite os telefones de emergência da locadora, pois em caso de qualquer imprevisto, você deverá fazer contato imediatamente e informar o ocorrido. Em caso de roubo, furto e acidente com o veículo locado, é imprescindível fazer um Boletim de Ocorrência dentro do prazo previsto pela locadora para não correr o risco de perder as coberturas previstas nas proteções contratadas por falta de envio da documentação necessária.

4º) Para seu conforto e segurança, tente sempre estacionar o veículo em estacionamentos fechados, como shoppings, garagens de hotel, etc. Evite ao máximo parar na rua por períodos prolongados.

5º) Antes de sair com o carro do pátio da locadora, faça você mesmo sua própria vistoria, ainda que o funcionário tenha feito a dele. Fique atento a eventuais avarias e arranhões no para-brisas, lataria, faróis e rodas. Verifique os níveis de combustível, líquido de arrefecimento, óleo, fluídos e etc. Cheque também se itens de segurança obrigatórios e os documentos do veículo estão em ordem. Ao devolver o carro, acompanhe atentamente também a vistoria de devolução.

6º) Não se esqueça de limpar e abastecer o carro antes de devolve-lo. Você provavelmente vai recebe-lo limpo e com o tanque cheio e é necessário entrega-lo da mesma forma. Caso ele esteja sujo e/ou o tanque não esteja cheio no momento da devolução, pode ser cobrada uma taxa adicional.

7º) Tente devolver o carro no mesmo local da retirada, afim de evitar o pagamento da chamada “taxa de retorno”, cobrada quando o carro é entregue em um local diferente, e que costuma ser bem elevada dependendo da distância.

8º) Opte por alugar o carro em locadoras que tenham algum programa de fidelidade que ofereça bônus a cada locação, pois assim você pode obter vantagens em futuras locações, como isenção de seguros e taxas, upgrade de categoria, etc.

E a principal dica: Nenhuma dessas anteriores vão te ajudar se você não tiver responsabilidade e bom senso na direção. Dirija com atenção e prudência, respeitando as leis de trânsito do local. Afinal, independentemente se você está dirigindo o seu próprio carro ou um carro alugado, preservar a sua vida, da sua família e de terceiros é o principal objetivo.


sm-wendell