Uma Buenos Aires que encanta muito além do tango


Quando levantei voo rumo a Buenos Aires pela primeira vez, já imaginava que ao chegar ia me deparar com uma diversidade cultural gigantesca. Mas nunca passou pela minha cabeça que essa cultura tivesses o poder mágico de encantar até o mais escaldado turista.

Pois bem, logo ao deixar o saguão fechado do aeroporto e me jogar na atmosfera livre da capital argentina, notei de imediato uma cidade que tinha um clima diferente. À bordo do táxi conduzido pelo senhor Álvaro, percebia na conversa descontraída sobre a velha rivalidade futebolística entre Brasil x Argentina, a figura simpática, humilde e atenciosa que era. Porém, posteriormente acabaria por ver esse mesmo espírito nos funcionários do hotel onde me hospedei, nos garçons dos restaurantes que frequentei, nos funcionários e guias dos pontos turísticos, nas pessoas comuns que eu parava na rua para pedir alguma informação… Em todo lugar que eu passava a receptividade, simpatia e presteza do povo argentino impressionava e foi só uma das coisas que me levou a ficar apaixonado por Buenos Aires. As outras eu vou contar ao longo desse post.

——————————————————————————————————————————————————————

PONTOS TURÍSTICOS

—————————————————————————————————————————————————————–

Uma das principais características de Buenos Aires é sem dúvida seus atrativos turísticos. A cidade tem uma infinidade de pontos de interesse. Alguns tão tradicionais que podemos considerar um pecado ir até lá e não visita-los. Confira uma relação de alguns dos principais pontos turísticos da capital argentina.

——————————————————————————————————————————————————————

* Casa Rosada

Eu em frente à Casa Rosada

É a sede do Governo Federal da Argentina e um dos principais símbolos arquitetônicos do país. É possível fazer uma visita guiada gratuita ao interior do edifício aos sábados, domingos e feriados.

——————————————————————————————————————————————————————

* Plaza de Mayo

Localizada em frente à Casa Rosada e ao Congresso, a Plaza de Mayo é o coração político de Buenos Aires. O local é palco frequente de manifestações populares. Arborizada e com boa infraestrutura, costuma ser um bom local de descanso tanto para os hermanos quanto turistas que a visitam diariamente.

——————————————————————————————————————————————————————

* Obelisco

O Obelisco é um monumento construido no marco zero de Buenos Aires, para comemorar os 400 anos de fundação da cidade. Ele está bem no cruzamento da Avenida Corrientes com a Avenida 9 de Julio, um dos cruzamentos mais movimentados de Buenos Aires. Inclusive a 9 de Julio já foi considerada a avenida mais larga do mundo, com nada menos que 18 faixas de tráfego.

——————————————————————————————————————————————————————

* Caminito 

Acho que podemos dizer, sem nenhum exagero, que o Caminito seria uma versão portenha do nosso Pelourinho. As janelas e paredes coloridas fazem parte do seu cenário. O Caminito é um verdadeiro museu a céu aberto, que abriga restaurantes, lojas de artesanato e ateliês. Tem esse nome devido a um tango, cuja letra está gravada em algumas paredes do lugar.

 

——————————————————————————————————————————————————————

* Teatro Cólon

Interior do Teatro Cólon

O Teatro Cólon é considerado um dos maiores e melhores teatros de ópera do mundo. É um verdaeiro colosso, imponente, que impressiona pelo seu interior rico em detalhes e pela acústica perfeitamente fina. Há duas maneiras de visita-lo: Assistindo a um espetáculo à noite ou fazendo uma visita guiada durante o dia.

——————————————————————————————————————————————————————

* Puerto Madero

Área que abrigava o antigo porto marítimo de Buenos Aires, foi totalmente revitalizado. Hoje é um dos metros quadrados mais caros da Argentina, cercado de belos e modernos edifícios e excelentes restaurantes. Puerto Madero já é um dos principais cartões postais da cidade, sendo um ótimo local de passeio, principalmente à noite. Passeando por lá, aproveite para visitar a Puente de La Mujer e a Fragata Sarmiento, que fica ancorada em um dos diques e atualmente funciona como museu.

——————————————————————————————————————————————————————

* Casino de Buenos Aires

Entrada do Casino de Buenos Aires

Também na região de Puerto Madero fica localizado o Casino de Buenos Aires, que funciona em um barco ao melhor estilo dos casinos de Las Vegas.

——————————————————————————————————————————————————————

* Estádio La Bombonera

Quem é fã de futebol, especialmente do futebol argentino, como eu, não pode deixar de conhecer pessoalmente esse icônico templo do esporte sul-americano. Visitar o estádio do Boca Juniors, o museu e a sala de troféus da equipe, ver de pertinho o campo e os vestiários. Visitar o La Bombonera é a oportunidade perfeita de conhecer mais de perto a história do clube de futebol mais tradicional da Argentina e suas conquistas.

——————————————————————————————————————————————————————

* Floralis Genérica ou “Flor de Recoleta”

Criada pelo arquiteto Eduardo Catalano para simbolizar a beleza de todas as flores do mundo, a gigantesca escultura metálica é exuberante e, mesmo de longe, chama a atenção. É uma enorme flor de metal, cujas pétalas se abrem durante o dia e se fecham durante a noite. Ao seu redor fica um parque onde é possível tomar sol e descansar. É também conhecida como “Flor de Recoleta” por ser localizar no bairro de mesmo nome.

——————————————————————————————————————————————————————

GASTRONOMIA

De Palermo à Recoleta, de San Telmo à Puerto Madero. Não importa a região. Vários restaurantes espalhados por Buenos Aires servem o supra sumo da culinária argentina.

Não há como não se render a um corte de carne macio e suculento da mais autêntica “parrilla” portenha, algumas “empanadas” para acompanhar, uma porção de “papas fritas” e para completar, um “postre” de alfajores com recheio de doce de leite. Melhor parar por aqui antes que minha boca encha d’agua, e a sua também.

——————————————————————————————————————————————————————

PASSEIOS

——————————————————————————————————————————————————————

Além de seus difundidos pontos turisticos, Buenos Aires oferece a possibilidade de incrementar ainda mais sua estadia em solo argentino, com inumeras opções de passeios diferentes. Há opções de passeios em outras cidades e acredite, até mesmo em outros países. Confira alguns dos passeios que podem ser realizados a partir da capital argentina:

——————————————————————————————————————————————————————

* Delta do Tigre

Uma das melhores opções de passeios a partir de Buenos Aires é um passeio de barco pelo delta do Rio Tigre, na cidade de mesmo nome. Antes de desaguar no Rio La Plata, o Tigre, que na verdade é uma confluência entre os rios Paraná e Luján, se  divide em vários canais cercados de pequenas ilhas que cortam a cidade. É por esses pequenos canais que se realiza o passeio em pequenas e charmosas gôndolas. Para se chegar ao Tigre há diversas opções: Carro, táxi, ônibus e trem (a partir da estação Retiro).

——————————————————————————————————————————————————————

* Zoo de Luján

O Zoo de Luján fica cerca de 70 km do Centro de Buenos Aires, e é sem dúvida um dos zoológicos mais visitados e talvez o mais polêmico do mundo. Já se imaginou entrando em uma jaula com leões, tigres e outros animais selvagens e tirando fotos fazendo carinho neles? Pois então. Lá existe essa possibilidade e se você estiver mesmo afim de encarar uma aventura como essa, uma visita ao local é obrigatória. Eu não sei como isso acontece, mas dizem que os animais são dopados para não ficarem agressivos com a aproximação humana. Se isso de fato ocorre eu não sei, mas certamente seria um bom motivo para explicar toda a polêmica envolvendo o local.

——————————————————————————————————————————————————————

* Colonia Del Sacramento

É uma cidadezinha que, apesar de ficar a apenas uma hora de barco de Buenos Aires, pertence ao Uruguai. Foi colonizada por portugueses e por isso mantem uma arquitetura muito diferente das outras cidades uruguaias. Tem um clima extremamente tranquilo e agradável, típico de cidadezinhas do interior do Brasil e por isso é um ótimo lugar para passar um dia inteiro e descansar. O único jeito de chegar à Colonia a partir de Buenos Aires é por meio de barcos catamarãs conhecidos como “buques”, que fazem a viagem atravessando o Rio La Plata, partindo de um terminal localizado em Puerto Madero.

——————————————————————————————————————————————————————

——————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————–
COMPRAS

——————————————————————————————————————————————————————

É fato que Buenos Aires não é nenhuma Miami. Por causa da crise econômica e da inflação desenfreada que atinge a Argentina, a cidade tem deixado de ser um paraíso de consumo. Mas, graças a valorização do Real frente à moeda corrente do país, ainda há boas opções de lojas e outlets caso você queira de fato aproveitar aquele espaço sobrando na mala e gastar aquelas cifras que você acha que vão sobrar no dia da viagem de volta. Confira alguns dos centros de compras mais badalados da capital:

——————————————————————————————————————————————————————

* Calle Florida

Encabeçando a lista de lugares para fazer compras em Buenos Aires está a Calle Florida, uma espécie de “Rua 25 de março” portenha. É cheia de pessoas e lojas de todos os tipos e para os mais variados gostos e bolsos.

——————————————————————————————————————————————————————

* Shopping Galerias Pacifico

Um shopping muito bacana. Conta com uma boa praça de alimentação e várias lojas, inclusive das marcas mais luxuosas e gabaritadas da Argentina e do mundo, como Puma, Adidas e Lacoste. É um dos meus locais preferidos em Buenos Aires e fica localizado bem na esquina da Calle Florida com a Avenida Córdoba.

——————————————————————————————————————————————————————

* Shopping Patio Bullrich

 

 

O Patio Bullrich é dos shoppings mais famosos de Buenos Aires. Conhecido pelo ambiente refinado e pelas lojas de grife, não é um lugar ideal para quem quer comprar mas pensa em economizar dinheiro, afinal, suas lojas têm fama de serem muito caras.

Mas, mesmo que sua intenção não seja fazer compras, vale a pena fazer uma visita ao local.

——————————————————————————————————————————————————————

* Feira de San Telmo

É uma feirinha de rua que acontece todos os domingos ao longo da Calle Defensa, uma das principais ruas do bairro de San Telmo. Lá é possível encontrar de tudo, inclusive artigos de artesanato e souvenirs por preços bastante em conta.

——————————————————————————————————————————————————————

OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES

——————————————————————————————————————————————————————

* Moeda e câmbio

A moeda oficial do país é o Peso Argentino, que geralmente tem cotação mais baixa frente o Real. Além disso, tanto o próprio Real quanto o Dólar americano e até mesmo o Euro são aceitos em espécie em diversos estabelecimentos comerciais, cada um deles usando sua própria cotação.

O governo da presidente Cristina Kirchner instituiu uma política financeira que restringe a compra do Dólar por parte de seus cidadãos, o que fez crescer no país o chamado câmbio paralelo ou “câmbio blue”.

Utilizar o câmbio paralelo é atualmente bastante comum e corriqueiro entre os turistas que viajam ao país, principalmente quando considerada a cotação do câmbio oficial, que geralmente é inferior. Ainda que seja comum trocar moedas no câmbio blue, é preciso lembrar que essa prática é ilegal e que esse tipo de transação é extremamente arriscada e as pessoas ficam mais sujeitas aos golpes, visto que há muito dinheiro falso circulando na Argentina. Caso opte por uma operação desse tipo, evite fazê-la nas ruas, à céu aberto e com qualquer pessoa. Peça indicações em seu hotel, em restaurantes e a outras pessoas que trocaram anteriormente no paralelo. Se cerque de todo cuidado nesse momento.

——————————————————————————————————————————————————————

* Transportes

Para ir de um bairro à outro ou acessar os principais pontos turisticos de Buenos Aires, as melhores opções são utilizar o metrô, ou os táxis, que têm bons preços e são encontrados aos montes em qualquer rua da cidade.

Táxi – Milhares deles circulam pelas ruas da capital todos os dias e a qualquer hora. Basta esperar um pouquinho que logo aparece um passando por você. Os táxis em Buenos Aires são fáceis de serem identificados pela cor: São pretos com o teto em amarelo. Operam pelo sistema de taxímetro e o valor das corridas são baratas para qualquer ponto da cidade. Andar de táxi por Buenos Aires é muito fácil, entretanto é importante tomar alguns cuidados. Muitos taxistas são picaretas e golpes em táxis também são comuns na cidade, principalmente contra turistas. Por isso, não se deixe enganar. Evite dar pontos de referência evasivos, saiba exatamente onde você deseja ir e diga o endereço pelas esquinas das ruas: Diga por exemplo “Hasta San Martin con Córdoba” (Esquina da Av. Córdoba com Rua San Martin). É dessa forma que todos os moradores da cidade dão o endereço ao tomarem um táxi.

Evite também pagar as corridas com cédulas de alto valor. Tenha sempre três ou quatro notas de valor pequeno.

Metrô – O metrô de Buenos Aires, conhecido lá como Subte é uma boa alternativa para percorrer médias e longas distâncias pagando pouco. Entretanto, o sistema é antigo e não cobre toda a cidade. Além disso deve-se redobrar o cuidado com a segurança, principalmente em horários de pico, quando os trens estão cheios.

Há ainda a opção de utilizar os ônibus. São várias linhas que cruzam a cidade de ponta a ponta, porém caso você queira utilizar ônibus na cidade você deverá ficar atento a um detalhe: O pagamento da passagem deve ser feito apenas com moedas. Não são aceitas cédulas. Isso porque os veículos não possuem cobrador e a cobrança da tárifa é feita por uma máquina tipo “caça-niqueis” que faz a contagem do dinheiro e ela trabalha somente com moedas. portanto você precisará conseguir moedas para pagar a passagem de ônibus caso você queira utilizar o serviço.

——————————————————————————————————————————————————————

* Aeroportos

Buenos Aires é servida por dois aeroportos. Ambos operam com voos diretos partindo de várias capitais brasileiras. O Aeroparque Jorge Newbery é o mais bem localizado em relação ao Centro da cidade, distante apenas 15 km.

Já o Aeroporto Internacional de Ezeiza, fica localizado na divisa de Buenos Aires com outra cidade, distante quase 50 km do Centro. É mais amplo e tem uma infraestrutura infinitamente melhor, mas as opções de deslocamento até lá são mais caras e escassas.

——————————————————————————————————————————————————————

* Documentos para a viagem

Não é necessário visto para viajar para a Argentina. Ao desembarcar no país, basta apresentar o passaporte válido ou o RG, desde que emitido há menos de 10 anos e em bom estado de conservação.

——————————————————————————————————————————————————————

Bom, vou interromper esse post aqui, senão ele não irá terminar nunca. Afinal, nem só de tango vive um local como esse. São tantas coisas boas que a capital argentina pode proporcionar que não cabem em uma só viagem. Continuarei falando sobre Buenos Aires e dando outras dicas sobre turismo  na cidade em outros post. Aguardem.


sm-johnny