Tupahue e Antilén – As piscinas “públicas” de Santiago


Que Santiago é dona de uma beleza descomunal e de pontos de interesse fantásticos, isso ninguém duvida. Que Santiago também é a cidade “dos extremos climáticos”, também todos já sabem. No inverno, as temperaturas chegam facilmente a níveis abaixo de zero e, claro, isso faz das estações de esqui a sua principal atração. Porém no verão, a capital chilena muda radicalmente. A umidade relativa do ar chega a números críticos, as temperaturas sobem feito inflação e a cidade se transforma quase em um deserto, o que leva muitos habitantes do local a se banharem nos chafarizes e espelhos d’água disponíveis nas várias praças e parques da cidade.

Mas o que muita gente que visita a cidade não sabe é que existem outros dois locais ideais para driblar o calor, e o melhor, com todo conforto e segurança. Entre as várias atrações do Parque Metropolitano de Santiago, estão duas piscinas “públicas”, acessíveis a qualquer pessoa, inclusive turistas. Elas são chamadas de Tupahue e Antilén e apesar de ficarem cerca de 12 km uma da outra, são bem acessíveis, tanto a pé quanto de carro.

Porém nem tudo são flores. Você deve se perguntar porque escrevi o “públicas” entre aspas, não é??? Pois é. É que as piscinas são de fato públicas, ou seja, qualquer um pode usar. Mas não são gratuitas. Para utiliza-las é necessário adquirir um ingresso. Esse ingresso lhe dá direito de usar a piscina livremente durante o dia. O preço do ingresso para a piscina Tupahue é 6000 pesos chilenos (R$ 32,00) para adultos e 3000 pesos chilenos (R$ 16,00) para crianças de 3 a 13 anos e idosos a partir de 60 anos.

Já na piscina Antilén, a melhor das duas na minha opinião, o ingresso custa um pouco mais. 7500 pesos chilenos (R$ 40,00) para adultos e 4000 pesos chilenos (R$ 21,00) para crianças de 3 a 13 anos e idosos a partir de 60 anos.

Piscina Tupahue
Piscina Tupahue

 

Bilheteria da piscina Tupahue
Bilheteria da piscina Tupahue

 

A piscina Tupahue fica ao lado da estação do teleférico do parque, com acesso muito fácil para quem está de carro. Para quem estiver a pé, como atualmente o teleférico está passando por reformas, o jeito mais fácil de acessa-la é subir de funicular até o Cerro San Cristóbal e de lá caminhar por cerca de 15 km, seguindo as placas de sinalização do parque.

Já a piscina Antilén é bem mais distante, acessível apenas de carro ou táxi. O melhor atalho é pela portaria do parque localizada próximo a Avenida Pedro de Valdivia. Se você estiver a pé e sua intenção for visitar apenas as piscinas, a minha dica é ir de metrô até próximo a uma das entradas do parque e de lá tomar um táxi para chegar a área das piscinas.

 3

Piscina Antilén é a maior e mais bonita das piscinas de Santiago, mas também é a mais distante.
Piscina Antilén é a maior e mais bonita das piscinas de Santiago, mas também é a mais distante.

 

As piscinas funcionam de terça-feira a domingo, das 10:00 as 18:30. Às segundas-feiras fica fechada para manutenção.

É proibido ingressar na área das piscinas com garrafas e quaisquer outros recipientes de vidro, bebidas alcoólicas, animais, etc.

Ambas as piscinas contam com ambulatório médico e salva-vidas para casos de emergência. Há também cadeiras e guarda-sóis disponíveis, por isso não é necessário levar.

Parece meio óbvio, mas mesmo assim vale lembrar que as piscinas só funcionam no período de verão e em outras épocas de altas temperaturas no Chile, portanto se informe antes se na época que você visitar Santiago elas estarão abertas ou não. Apesar do preço salgado, acho que vale muito a pena visita-las e se possível, claro, dar um mergulho.

 

 

 

 

 

 


sm-johnny