Parque Metropolitano, Cerro San Cristóbal e o passeio de funicular


Estar em Santiago é uma ótima oportunidade de visitar um dos maiores e mais belos parques urbanos do mundo. o Parque Metropolitano de Santiago possui diversas atrações e oferece excelente infraestrutura para quem procura um local para passear com a família, praticar esportes e relaxar e descansar em um ambiente calmo e extremamente arborizado.

O passeio pelo parque pode começar pelo Cerro San Cristóbal, uma das montanhas mais altas da cidade e que abriga o Santuário de La Imaculada Concepción, um dos principais locais religiosos e turísticos, onde é possível fazer orações e contemplar toda a beleza do lugar. Inclusive, em 1980, o então Papa João Paulo II visitou e rezou uma missa no local durante sua visita ao Chile.

Entrada do parque pela Calle Pio Nono
Logo na entrada, há um guichê para informações aos turistas
Logo na entrada, há um guichê para informações aos turistas
Acesso ao funicular
Acesso ao funicular
Funicular: Tabela de preços

Para subir ao Cerro, basta pegar o funicular, um bondinho do século XIX que sobe e desce a ladeira do cerro movido por um cabo de aço. O percurso que dura cerca de dois minutos e há uma estação intermediária, que é a estação que dá acesso ao zoológico do parque, porém no dia que fiz o percurso, os bondes não estavam parando lá porque o zoológico estava fechado, passando por reformas.

O funicular funciona diariamente. O primeiro bonde sobe as 10:00hs e o último desce as 19:45hs. As tarifas variam de acordo com o dia da semana e a quantidade de trechos viajados (ida e volta ou somente ida). Mais informações podem ser obtidas no site da Turistik.

 

Do cume do Cerro San Cristóbal, a belíssima vista de Santiago

 

Estátua do Santuário de Imaculada Concepción
Estátua do Santuário de Imaculada Concepción

 

O edifício Sky Costanera, no bairro da Providência
O edifício Sky Costanera, no bairro da Providência

 

Outra grande atração do parque são seus belos jardins botânicos. Os mais visitados são o jardim Mapulemu e o jardim japonês. Inaugurado em 1983, o jardim Mapulemu, cujo o nome significa “bosque da terra”, foi criado para cultivar e exibir diversas espécies da flora chilena, entre as quais diversas plantas medicinais.

Já o Jardim japonês possui uma área de 3200 m² e foi inaugurado em 1997, durante a visita do príncipe do Japão Hitachi Masahito ao Chile, e reproduz toda a beleza e riqueza de detalhes de um autêntico jardim botânico oriental, através de bonsais, piscinas com flores e uma roda d’água.

Outra atração localizada no Parque Metropolitano de Santiago e que merece ser visitada são suas duas piscinas Tupahue e Antilén. Para saber mais sobre essa atração, acesse este post.

Para chegar ao parque existem várias opções de transporte: Carro, táxi e metrô. A entrada de veículos pode ser feita pelas portarias Pio Nono e Pedro de Valdívia. Para ir de metrô, basta desembarcar na estação Baquedano (linhas 1 ou 5). Neste caso, o melhor acesso é pela portaria Pio Nono, a mesma que dá acesso ao Cerro San Cristóbal. Para saber informações de como utilizar o metrô, acesse este post.


sm-johnny