HAWAIIAN 308 – Missão Havaí (Pt 2)


Bem vindos novamente. Nesta segunda parte do nosso Flight Report intitulado “Missão Havaí”, nossa colega Letícia Soares traz o relato do voo seguinte feito pela Hawaiian Airlines, de Honolulu até Kailua-Kona. Para conferir a primeira parte do relato, acesse este link.


Após desembarcarmos em Honolulu, tivemos bastante tempo para conhecer um pouco do terminal da capital havaiana, visto que já havíamos feito o check-in para toda a viagem e nossas bagagens foram despachadas até o destino final. Ficamos impressionados com a beleza do Aeroporto Internacional de Honolulu, que é repleto de áreas ao ar livre, com jardins, para pessoas que preferem ficar fora do ar condicionado, além de uma bela e chamativa decoração. Depois de um tempo, fomos para um hotel próximo do terminal para tomarmos banho e trocarmos de roupa, visto que o aeroporto não conta com serviço de ducha.

Faltavam cerca de 50 minutos para o horário quando entramos novamente na sala de embarque. Nosso embarque começou 15 minutos de atraso devido à chegada tardia da aeronave que viajaríamos ao portão, mas devido à rapidez que o pessoal de solo da Hawaiian trabalhou, limpando e reabastecendo a aeronave, isso não causou grandes problemas. Falando na aeronave, o aparelho escalado para essa etapa da viagem é um modelo que não voa no Brasil e nem com muita regularidade em outros países e, por isso, é totalmente desconhecido do viajante brasileiro. Era um já antigo Boeing 717-200, que tem um design muito parecido com o do Douglas DC 9, um outro avião comercial que foi extremamente popular nos EUA nas década de 70 e 80. O embarque ocorreu de maneira rápida e organizada.

O Airbus A330 que nos trouxe de Nova York
O Airbus A330 que nos trouxe de Nova York

À primeira vista, a cabine parece bastante funcional. Na primeira classe, onde voaríamos, o espaço é razoável, pois existem apenas duas fileiras. Os assentos são de couro ecológico com bom pitch e reclinação apenas razoável, muito parecidas com as poltronas do Airbus que nos trouxe até Honolulu. Não há sistema de entretenimento nessa aeronave, a não ser a revista de bordo da Hawaiian.

Ao contrário do voo anterior, não foram servidas bebidas antes da decolagem, talvez devido ao atraso no embarque, porém após a decolagem elas foram servidas normalmente. Passava pouco depois das 19:00hs (hora local) quando o trator empurrou a aeronave do portão para o pátio e depois de um rápido taxiamento, já estávamos na cabeceira da pista para a decolagem. Decolamos com a bela vista noturna de Honolulu. Estranhamente as luzes da cabine permaneceram acesas durante a decolagem. Isso atrapalhou um pouco o registro fotográfico de fora da janela.

 

 

Essa etapa do voo foi tão curta que o sinal de cinto de segurança ficou ligado o tempo todo. O serviço de bordo também é bastante simples, com refeições e bebidas e consumo rápido, porém as comissárias apresentam a mesma cortesia de sempre. Apesar de nossa partida atrasada, no final chegamos em Kailua-Kona no tempo.

Pousamos em Kailua-Kona pouco depois das 19:25hs (hora local). O desembarque foi muito ágil e sem nenhuma complicação. Pegamos nossa bagagem, que foi entregue intacta e rumamos para o hotel para descansarmos da saga de quase 24 horas desde Belo Horizonte até Kailua-Kona. Afinal no dia seguinte tínhamos lugares incríveis para desbravarmos, mas isso é assunto para outro post.

 

Avaliação:

As notas vão de 0 a 10.

Reserva: Nota 10

Emitida ainda no Brasil pela Mundi, nossa parceira aqui no Viagem Mais Fácil de maneira simples, rápida e totalmente em português. O site da Hawaiian não possui versão em português.

Check-in: Sem nota

O check-in para esta etapa da viagem já havia sido realizado em Nova York.

Embarque: Nota 10

Ágil e organizado, como no voo anterior.

Assento: Nota 8

Idêntico ao da First Class do A330 do voo anterior. Parece que a Hawaiian segue um mesmo padrão de assento em seus aviões.

Serviço de bordo: Nota 10

Foi mais simples devido a curta duração do voo, mas ainda sim foi maravilhoso.

Comissários: Nota 10

Uma equipe com a mesma  simpatia e sorriso no rosto do voo anterior, Parabéns à empresa por ter ótimos tripulantes de cabine.

Sistema de entretenimento: Nota 8

Como entretenimento somente a revista de bordo da companhia.

Desembarque: Nota 10

Organizado e rápido como no embarque.

Pontualidade: Nota 10

Por incrível que pareça, o atraso do inicio não impactou em nada na nossa chegada em Kailua-Kona. Pontualidade ok.

Cuidados com as bagagens: Nota 10

Entregues em perfeito estado

Nota final: 8,72

Comentário final:

Se a experiência no voo anterior foi maravilhosa, neste não foi diferente. A Hawaiian Airlines nos surpreendeu de forma bastante positiva. É sem dúvida nenhuma a melhor opção para se chegar às paradisíacas Ilhas Havaianas de maneira rápida, confortável e financeiramente viável. Indico a companhia sem medo de titubear.

 

LETÍCIA SOARES


sm-johnny